BUSCAPÉ

terça-feira, 26 de maio de 2015

O grande baile dos que já foram


É como um daqueles sonhos onde você encontra todos os seus amigos e familiares.

Depois de uma noite encerrando a temporada, fizemos nossa festa de confraternização. Naquela noite, o palco abriu espaço para uma pista de dança onde público e elenco se uniu e dançou. Conversávamos sobre as gafes, o impacto de fazer um texto tão pesado como Marquês de Sade. Lembro-me dos flertes e das expectativas que cada um tinha para o próximo ano, pois caminhávamos para uma próxima montagem.

Naquela noite, uma adorável menina de cabelos curtos e encaracolados estava lá. Ela, dançava loucamente comigo. Meu amigo já tinha ficado com ela. Era de se esperar, pois ela chamava a atenção pela leveza e o encantamento que tinha pelo teatro. Tanto que estava sempre nos espetáculos, vendo nossas peças repetidas vezes. De admiradora, tornou-se uma colega para mim, dividindo cervejas e causos do teatro.

No mesmo espaço, estava outro ser que ultrapassava as barreiras do binário homem/mulher. Nela, havia ambos ( e quem sabe, muito mais). Um vestido longo, decote profundo. Desfilava pela pista, dançava com a parede. E flertava com uma garota que não conhecia. Trabalhei brevemente com ela numa montagem, tempo suficiente para saber de sua importância naquele espaço que estava atuando.

Neste mesmo palco, mas num outro momento, dividi cervejas, risos e causos com uma menina magricela, que distribuía abraços e de riso fácil. Trabalhamos no bar onde angariávamos dinheiro para a nossa montagem junto com o resto do elenco.

Foram em momentos bem pontuais que comunguei naquele espaço uma tal alegria que me transbordava. Lembro de cada uma dessas vezes...

Lembro também da partida de cada uma delas. Todas as três, cada uma num tempo distinto, soube de suas partidas justamente quando estava nas redondezas daquele espaço onde tempos atrás dançávamos e atuávamos.

Não tivemos tempo para uma última dança, ou a saideira. As luzes acenderam de forma repentina. Cada uma foi embora em seu tempo. Eu, e muitos outros que compartilharam aquele mesmo espaço, continuamos por aqui.

O lugar: Espaço dos Satyros 2
Seus nomes: Gisele, Bibi e Janaina.
O baile: O palco.

E vamos dançando, até o último a sair da pista.





1 comentários:

Alinne Bessa disse...

Ganhe dinheiro com seu blog trabalhando no conforto do seu lar. Você faz seu horário. Cadastre-se grátis!!! Não precisa indicar ninguém para ganhar. Você ganha com seu trabalho! Mesmo trabalho do SuperParceria. Saiba como em:
www.homemoney.com.br

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.